Palestra abordou elemenos para segurança no trânsito

Os elevados índices de acidentes e mutilações no trânsito foram tema de palestra alusiva à Campanha Maio Amarelo, realizada na noite desta segunda-feira, 21, no auditório do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Brusque e região (Sintricomb). O tema Os quatro elementos responsáveis pela segurança no trânsito foi abordado por Paulo Rodrigo Sestrem, técnico em tráfego e especialista em engenharia do trânsito.
 
Sestrem apresentou ao público dados como o número de veículos na cidade de Brusque, que já ultrapassa a marca de cem mil. Situação que se repete em outras cidades do país. Tudo isso, aliado à dificuldade de infraestrutura desses locais e a falta de paciência dos motoristas colabora para o crescimento dos índices de acidentes.
 
Através de exemplos em vídeos e imagens, o palestrante destacou a importância de se respeitar as regras, dedicar atenção a cada ação, seja na condição de motorista, pedestre, ciclista ou motociclista. São estes os quatro elementos responsáveis pelo trânsito seguro.
 
“É muita gente morrendo. Só quando se  perde uma pessoa da família é que as pessoas vão ver a importância do tema”, disse ele durante a explanação.
 
Em 2011, a Organização das Nações Unidas (ONU) selou um pacto com 187 países para reduzir, através de campanhas e ações de prevenção, o número de mortes no trânsito. O Brasil estava entre eles. Apesar disso, de lá para cá, mais de 50 milhões de pessoas ficaram mutiladas somente no país por conta de acidentes nas ruas e estradas.
 
“É um tema importante, porque como entidade que luta pela segurança dos trabalhadores, não podemos deixar passar batido o Maio Amarelo. (…) Aqui na nossa cidade, as pessoas certamente conseguem contar nos dedos quantas morreram vítimas de homicídio, por exemplo, mas não de acidentes de trânsito, por conta da quantidade bem maior”, comenta o presidente do Sintricomb, Izaias Otaviano, afirmando que muitos dos trabalhadores do setor utilizam motocicletas para se deslocar e estão na lista das possíveis vítimas do trânsito não seguro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

cinco × 1 =

Pin It on Pinterest