Evento orientará haitianos sobre leis trabalhistas

No ano de 2015, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Brusque e região (Sintricomb) fez um levantamento sobre a quantidade de haitianos que atuam no setor na cidade. Devido à crescente migração destes cidadãos para a região, seguindo o que ocorre em nível nacional nos últimos anos, a entidade dará início este ano a um trabalho de acompanhamento destes trabalhadores.

O pontapé para esta ação será dado no dia 20 de fevereiro, um sábado. Na ocasião, o Sintricomb vai realizar um ciclo de palestras sobre direitos trabalhistas, segurança e saúde do trabalho. O evento começa às 9h e tem previ são de encerramento ao meio-dia, com almoço servido gratuitamente aos participantes. O local será o auditório da entidade, na Rua Francisco Cervi, 39, no Centro de Brusque.

“Sabemos eu é um público que tem dificuldade com a língua e as leis do Brasil. Como entidade que cuidado dos diretos dos trabalhadores, temos a obrigação de cuidar para que esses trabalhadores tenham seus direitos preservados e garantidos”, pontua o presidente do Sintricomb, Izaias Otaviano.

Conforme o último levantamento feito pelo Sintricomb em 2015, havia cerca de 60 trabalhadores haitianos atuando no setor de construção civil. Entretanto, a entidade acredita que esse número pode ter aumentado. Otaviano explica que as palestras serão abertas a trabalhadores haitianos que atuam em outros setores.

Além da palestra, o Sintricomb está disponibilizando um espaço para uso gratuito de um grupo que trabalha com alfabetização do público haitiano. A sala fica no prédio da entidade e será utilizada aos finais de semana.
Os interessados em participar das palestras podem procurar o Sintricomb.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

13 + quatro =

Pin It on Pinterest