Proposta do mínimo regional é entregue à Fiesc

Entidades sindicais de trabalhadores de Santa Catarina entregaram nesta segunda-feira, dia 24, à Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) a proposta de reajuste nas quatro faixas do salário mínimo regional catarinense. O encontro aconteceu na sede da entidade empresarial, em Florianópolis.

A reunião que definiu os novos valores a serem solicitados aos patrões foi realizada no último dia 17, também na capital do estado. Na ocasião, as centrais sindicais CUT, UGT, Nova Central, Intersindical, Força Sindical, além da Fetiesc, discutiram os índices de inflação, com as perdas dos trabalhadores nos últimos anos, definindo, assim, as novas faixas a serem propostas.

“Primeira reunião de negociação será dia 28/11, às 13h30, na Fiesc. Todos estão convidados a participar”, declarou o diretor da Feticom SC Carlos Alberto Baldissera, que integrou a comitiva na entrega do documento.

A data base da negociação é janeiro. Caso as partes entrem em acordo, a proposta é levada à Assembleia legislativa (Alesc) para votação dos deputados estaduais e, após essa etapa, sancionada pelo governador.
Confira, a seguir, as faixas em vigor e as propostas pelas entidades sindicais.

FAIXA ATUALMENTE PROPOSTA

1ª R$ 1.009,00 R$ 1.160,00

2ª R$ 1.049,00 R$ 1.205,00

3ª R$ 1.104,00 R$ 1.270,00

4ª R$ 1.158,00 R$ 1.332,00

SETORES ABRANGIDOS

1ª FAIXA

Agricultura e pecuária – indústrias extrativas beneficiamento – empresas de pesca e aquicultura – empregados domésticos – indústrias da construção civil – indústrias de instrumentos musicais e brinquedos – estabelecimentos hípicos – empregados motociclistas, motoboys, e do transporte em geral, excetuando-se os motoristas.

2ª FAIXA

Indústrias do vestuário e calçado – indústrias de fiação e tecelagem – indústrias de artefatos de couro – indústrias do papel, papelão e cortiça – empresas distribuidoras e vendedoras de jornais e revistas e empregados em bancas, vendedores ambulantes de jornais e revistas – empregados da administração das empresas proprietárias de jornais e revistas – empregados em empresas de comunicações e telemarketing – indústrias do mobiliário.

3ª FAIXA

Indústrias químicas e farmacêuticas – indústrias cinematográficas – indústrias da alimentação – empregados no comércio em geral – empregados de agentes autônomos do comércio.

4ª FAIXA

Indústrias metalúrgicas, mecânicas e de material elétrico – indústrias gráficas – indústrias de vidros, cristais, espelhos, cerâmica de louça e porcelana – indústrias de artefatos de borracha – empresas de seguros privados e capitalização e de agentes autônomos de seguros privados e de crédito – edifícios e condomínios residenciais, comerciais e similares, em turismo e hospitalidade – indústrias de joalheria e lapidação de pedras preciosas – auxiliares em administração escolar (empregados de estabelecimentos de ensino) – empregados em estabelecimento de cultura – empregados em processamento de dados – empregados motoristas do transporte em geral – empregados em estabelecimentos de serviços de saúde.if (

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 − um =

Pin It on Pinterest