40 anos na mesma empresa, seu Rudi se orgulha de nunca ter se acidentado

Trabalhar mais de quatro décadas na mesma empresa e ainda nunca sofrer um acidente sequer. Não é todo trabalhador que consegue, ainda mais em um setor conhecido pelos grandes riscos e pela incidência frequentes de pessoas que se machucam como é a construção civil e mobiliário. Só que o seu Rudi Ponticelli, 60 anos, é uma exceção.

Natural de Guabiruba, onde nasceu no bairro Lageado Baixo, ele fala com orgulho da empresa em que atua há 42 anos, uma madeireira na cidade. Como ainda menor de idade, escondido para que ninguém soubesse. Quis sair depois, mas o patrão gostou tanto de seu trabalho e dedicação que fez força para que ficasse. Ele ficou.

“O patrão pediu para ficar trabalhando na madeireira, porque estava faltando gente para trabalhar. Como a gente era do interior, acabei ficando”, conta ele.

Seu Rudi começou como tratorista. Mas em pouco tempo já fazia outras funções. Foi gostando. Não reclamava de nada que precisava ser feito e, aos poucos, foi pegando gosto pela coisa e se dedicando ao trabalho.

“Aqui, salário nunca atrasou”, registra ele com orgulho.

Hoje, com 60 anos, ele conta que se sente firme ainda para trabalhar. Divorciado, pai de dois filhos, ele tem dois netos e comemora o fato de poder estar vivo e inteiro para poder acompanhar a família.

Mas o trabalhador já levou alguns sustos. Já como motorista de caminhão da empresa, conta que, por duas vezes, o veículo tombou.

“Mas não foi culpa minha. A estrada cedeu e o caminhão afundou. Fiquei lá e nem lembro como consegui sair”, relembra sobre uma delas.

Sobre nunca ter sofrido um acidente qualquer, seu Rudi tem a fórmula: “É só se cuidar e usar proteção. Aprendi com meu pai que quando vai se derrubar uma árvore, primeiro se faz uma picadinha para ter segurança. Geralmente se você estiver sozinho”, explica.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

4 × 2 =

Pin It on Pinterest