Três acidentes de trabalho e uma morte na semana

Três acidentes de trabalho por queda de altura foram registrados na cidade de Brusque em apena suma semana. Em todos os casos os trabalhadores não utilizavam os equipamentos de proteção, principalmente cinto de segurança. Em um deles, o trabalhador não teve uma segunda chance e morreu ainda no local.
José Paulo Galvão, de 48 anos, morador do Bairro Santa Luzia, em Brusque, realizava a instalação de um páraraios em um galpão no Bairro Limoeiro, na divisa com o município de Itajaí. Ele se desequilibrou e caiu de uma altura superior a sete metros. O instante de descuido tirou a vida do trabalhador.

Outro caso aconteceu no dia seguinte, quando um trabalhador caiu e quebrou so dois pés. Ele realizava serviços em uma construção no Bairro Nova Brasília. A falta do cinto de segurança também foi notada pela equipe do Sintricomb que esteve no local. Embora tenha sido constatado que a empresa à qual ele é funcionário tenha oferecido os equipamentos e disponibilizado toda estrutura de segurança ao mesmo. Ele se recupera no hospital.

O terceiro caso aconteceu em um centro comercial, FIP, onde um trabalhador realizava reparos e também caiu. Felizmente, neste caso, a gravidade foi menor. Ele se recupera do ocorrido e passa bem.

Em todos os casos, o Sintricomb agilizou o tipo de atenção e atendimento que pode dar aos trabalhadores vítimas dos acidentes, ainda que nenhum fosse associado à entidade.

FOTO CEDIDA PELA RÁDIO CIDADE AM DE BRUSQUE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dois × 4 =

Pin It on Pinterest